quarta-feira, 18 de abril de 2012

Para que lado pende a tua balança: amor ou trabalho?

A minha pende claramente para o amor.

O amor move montanhas, sem amor eu não vivo. O amor é sinónimo de felicidade, de tranquilidade e de todas as coisas boas existentes no mundo. E quando falo de amor, não me limito só ao amor entre um casal mas sim a todos os tipos de amor, entre pais, avós, irmãos, tios, sobrinhos, amigos, todos eles...
Defendo também que devemos amar aquilo que fazemos e no que trabalhamos, porque a partida é o que nos dá estabilidade financeira suficiente para aproveitarmos a vida com as pessoas que amamos.
Agora comparar amor com trabalho? Não saber escolher qual deles é mais importante ou pior achar que o trabalho é mais importante que o amor, para mim, é algo inconcebível (e atenção que isto é apenas a minha opinião e vale o que vale, e não quero ferir susceptibilidades e acima de tudo respeito as opiniões das outras pessoas, apesar de muitas vezes não as perceber).
Vou dar o meu exemplo concreto. Eu estudei durante uma data de anos , escolhi uma área, que nem sequer era o meu sonho, porque à partida teria mais saída profissional e com o que é que me deparo quando saio da faculdade? Desemprego... E acreditem que tenho procurado em vários sítios e não só na área que me licenciei.
Mas apesar disso tudo, sou extremamente feliz porque amo muito e sou muito amada.

Li este post da S* do blog "As minhas pequenas coisas" e resolvi falar sobre o assunto porque concordo, em pleno, com o que ela escreveu.

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Isso nunca, nem sequer considero essa hipótese :)

      Eliminar
  2. Querida Jiggly, também eu li o post da nossa S+, e não podia estar mais de acordo!
    E tu és o exemplo vivo que nesta dicotomia, o amor deve ser o vencedor!!
    Espero que consigas encontrar dentro em breve, um emprego.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também espero e acredito nisso, não podemos desanimar :)
      Beijinhos???

      Eliminar
  3. A minha balança pende muitissimo para o amor, só é pena que não possa dizer o mesmo da balança do meu namorado...

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser que o faças mudar de ideias com o tempo e o teu amor :)
      Beijinhos***

      Eliminar
  4. A carreira alimenta a carteira mas não me alimenta a felicidade e o coração. Tenho a sorte de fazer o que quero e gosto, mas nada me faz abdicar do amor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens amor e fazes o que gostas profissionalmente, lucky girl :)

      Eliminar
  5. A balança tem que inclinar para onde efectivamente nos faz feliz! ;)

    ResponderEliminar